Poesias

Ana Magalhães Martins Melo - Patrona da Cadeira número 10

Tenho na vida, duas jóias de valor

Que me ajudam nas horas de tristeza,
É como um raio de luz na incerteza!
Alento quando sopra o dissabor!

Se a vida me traz certo amargor
Se me falta fé, paz, e firmeza,
É só lembrar, minhas jóias, que beleza!
Volto a lutar com mais intenso amor!

São dois velhinhos, as jóias que me dão,
Alegria, mais vontade de viver,
A eles tenho tanta adoração!

Todo o amor filial, veneração
Papai, mamãe, que mais posso dizer?
Parte sagrada do meu coração!

Mais artigos do Autor.