Poesias

Francisca Ayla Oliveira Costa

Titular da Cadeira nº 19

MARIA, CESSA A PANDEMIA!

Maria, Virgem Santa, eu te imploro

Virgem Mãe amada do Salvador

Neste mundo de amargura, a Ti oro,

Suaviza, Mãezinha, a nossa dor.

​​​​​​Santa Maria, escolhida por Deus

​​​​​​Para a Mãe Imaculada de Jesus

​​​​​​Abençoa, ampara nos braços teus

​​​​​​A humanidade que urge de luz.

O Pai cruzou os mares do teu ser

Mãe Santíssima do mais puro amor,

Acalenta, apascenta o viver

Dos teus filhos, ó Mãe do Salvador.

​​​​​​Senhora do Silêncio e da Páscoa

​​​​​​És para o mundo, a única esperança

​​​​​​Arranca deste peito, a angústia e mágoa

​​​​​​És oceano de bem-aventurança.

Maria dos pobres, da humildade,

Em Ti jamais existe dispersão,

Mãe de todos, és amabilidade,

Escuta, Mãe divina, esta oração.

​​​​​​Virgem Casta, Mãe dos desvalidos,

​​​​​​Imaculada, Nossa Mãe Maria,

​​​​​​Só Tu darás proteção aos perdidos,

​​​​​​Esmaga o vírus, cessa a pandemia.

Mãe peregrina, és a plenitude,

Mistério envolvente e penetrante

Coração divino, és solicitude,

Ampara-nos, Mãe, em teu ser amante.

Mais artigos do Autor.