Poesias

Aninha Martins

Professora e poetisa ipuense

 

Santos juninos

O português com o menino nos braços

Das mocinhas, resolve os embaraços

Arranjando noivo e namorado

No dia 13, seu dia é comemorado

No Rio Jordão batizou Jesus

E por Ele foi batizado

O seu nascimento

Com uma fogueira foi anunciado

Em comemoração

Até hoje segue a tradição

Com dança, bandeira e balão

A meia noite faz simpatia e adivinhação

Tem a do espelho e da agulha

Da aliança, da bananeira, do carvão

E do papel enroladinho,

Na noite de São João!

São Pedro pescador

Tendo Cristo seu protetor

Pescando peixes e almas

Libera a chuva calma

Também, com trovoada e ventania

Que trazem a todos, festa e alegria

Encerra os festejos

Deste tempo festivo

De ansiedade e ensejo

Das maravilhas do mês junino.

 

Mais artigos do Autor.