Prof. Sebastião Valdemir Mourão

criação nova.      

 Quando se cria algo, cria-se o que ainda não foi criado, portanto, o novo. Não se cria o que não é novo, mas recria-se. Evite essa tautologia, redundância, esse pleonasmo, usando apenas uma ideia.

Ex.: 1) Eu aprecio muito esta minha última criação (adequado).

        2) O governo vai criar novos impostos (inadequado).

Explicação: A expressão criar novos é da mesma família de subir pra cima, descer pra baixo, chutar com os pés etc. Já que não é viável criar nada velho, escreva-se, pois, apenas criar. Resolvido, então! A frase "2" inicial, depois de corrigida, fica assim:

2) O governo vai criar impostos.

Mais artigos do Autor.