Quando impessoal, fica sempre na 3a pessoa do singular. É impessoal, quando empregado como existirter ou fazer, com ideia de tempo. Ex.:

1) Há vizinhos que não respeitam as leis da boa convivência.

2) Há vaga para alunos estudiosos no mercado. A impessoalidade é transferida para o auxiliar que o acompanha.

3) Devia haver mais de cem pessoas no auditório.

4) “Há de haver um poema, como teus olhares, cheio de busca, que fale de amor e de fúria” (V. Mourão. Poesia para quem ama. 2. ed. p. 14).

5) “Houve já dois anos que não víamos”. (M. de Assis. op. cit. em legenda. p. 411).

6) Houve casos que não resolvemos.

NB.: Jamais use houveram casos que não resolvemos;

Quando usado como verbo auxiliar de verbo pessoal, flexiona-se normalmente, conforme a situação o exija. Ex.:

1) Elas haviam dito que não pediriam mais nada para os homens.

2) A veracidade dos fatos havia chegado no momento oportuno.

Mais artigos do Autor.