Aninha Martins

Professora e poetisa ipuense

 

Meu Mundo Literatura

Gosto do meu mundo, de verdades criadas, pois ONDE HÁ VERDADE, HÁ POESIA. E o que é a verdade? Se tudo é tão relativo... Então, me deixo cair no abismo, tal como ALICE, no meu PAÍS DAS MARAVILHAS e, mergulho nas palavras, como em uma piscina de bolinhas, me permitindo sentir, como se eu tivesse em UMA MÁQUINA DE INVENTAR INSTANTES, instantes de sonhos e realidades permitidas. Converso com DRUMOND e proseio no ALPENDRE, com RACHEL, balançando na rede onde D. GUIDINHA costuma descansar, para, daqui a pouco, fazer uma caminhada ao lado de GUIMARÃES, pelas Veredas do Grande Sertão e encontrar GRACILIANO e, os três, observar as VIDAS SECAS, periodicamente, pois quando a chuva cair, tudo renascerá... E, no SILÊNCIO DO ENTARDECER, ouço uma voz que diz: DEIXE PARA MAIS TARDE para tentar entender! Vivo o momento, ao som de TOM, até sentir OS RESPINGOS DA MADRUGADA, quando canta O FAZEDOR DE AMANHECER, num CONCERTO A CÉU ABERTO, alertando que o dia está a caminho, e molho os pés NO ORVALHO DAS MANHÃS. E assim, como o PEQUENO PRÍNCIPE, rego a flor mais importante, aquela pela qual me responsabilizei, planto tantas outras e faço doces no tacho deixado por CORA, para enfeitar e adoçar as horas, até chegar o momento em que, de mãos dadas com BANDEIRA, seguiremos rumo à PASÁRGADA, e sentaremos ao lado do PRINCIPEZINHO, para assistirmos, quantas vezes quisermos, o espetáculo do fim de tarde e logo após, contemplar A LUA, DEPOIS DO SOL, perceber COMO A NOITE É LONGA, ao lado de PESSOA e seu tantos outros, me deixar OUVIR ESTRELAS contidas na VIA LÁCTEA com BILAC, como VAGA MÚSICA entoada por CECÍLIA. Mas o meu SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO chega ao fim... Preciso voltar à minha outra realidade, convicta de que existe muito MAIS DE MIM escondido em mim mesma, pois o que OS OLHOS NÃO VEEM, O CORAÇÃO SENTE. E, como fez com sua TRAPEZISTA DO CIRCO, BIVAR me chama, me trazendo de volta da CIDADE DE PAPEL.

 

Obs: Texto escrito para abertura da Semana da Educação / 2017 (Dia do Livro)

Subcategorias