Poesias

Maria de Lourdes Mozart Martins Moura

Esta poesia foi uma das vencedoras do 4o. Concurso Literário Pague Menos, em 2014, em todo o Brasil.

AMOR SEM MEDIÇÃO

Nem régua, nem compasso
É isento de medição
O amor que sinto por ti
Entra até em competição.

É tão grande
Como as tuas fronteiras
É colorido
Como a tua bandeira.

No teu verde
Me encho de esperança,
No teu azul
Contemplo os teus céus
E a imensidão dos teus mares.
O teu amareloIlumina os meus dias e vejo
A riqueza do teu solo.
E o branco da paz
Me faz acreditar
Que num futuro próximo
A droga e a violência
Façam parte do passado
A Ordem e o Progresso
Imperem em nossa nação.

Além do amor, preciso sentir
O orgulho de ser brasileira
Cantar teu hino, cantar sem fingir
“E o teu futuro espelha essa grandeza.”

Meu coração comporta
Amores tão desmedidos
Por ti me entrego toda
Num amor destemido
É pele, é carne, é coração
O teu beijo me inebria
O teu abraço me extasia
Me sorvo nas fantasias
Desse amor sem medição.

 

Mais artigos do Autor.