Poesias

Francisca Ayla Oliveira Costa

 

Um dia, o Criador me fez mulher

Para artesã de um mundo bem melhor  

Para inspirar nos corações a fé    

Para buscar um amor sempre maior.

 

                        Como mulher, ser mãe muito extremosa

                        Doar o amor mais puro, sem medidas,

                        Numa entrega total e carinhosa

                        Sentir-me realizada em dar vidas.

 

Recebendo de Deus esta missão

Buscar o santo exemplo de Maria

Ao entregar a vida em oblação

Transmitir o amor, a paz, a alegria.

 

                          Sendo mulher, esposa, ser amante,

                          Mantendo a chama viva da paixão

                          No abraço companheiro e palpitante

                          Doar a própria vida e o coração.

 

Mulher que , como a lua, a iluminar 

O coração do homem bem amado 

Abrilhantando as noites de luar

Aquecendo, de amor, o enamorado.

 

                            Árvore que dá frutos, sedução,

                            É isto pouco? Que há mais afinal?

                            Cheia de ânimo, determinação,

                            Sobremaneira,é profissional.

 

A amar o mundo, o espaço conquistar,

Quanta lhaneza e frágil parecer

Quão grande fortaleza a demonstrar

Incansável guerreira, imenso ser!

 

                            E, hoje, louvo a Deus com gratidão

                            Por todas as benesses, pela fé,

                            Por confiar-me a bela vocação

                            A luz da vida,o dom de ser mulher.

Mais artigos do Autor.