Poesias

Maria Silonildes de Mesquita

Titular da Cadeira nº 38

 

GRATA PELO SEU AMOR !

E naquele instante único

Diante de uma paisagem bucólica

Entre um Pai Nosso e uma Ave Maria

Estava só eu e Ele

Abandonei-me em seus braços

E alí fiquei pensando e

Vendo em minha frente

O descortinar-se de cada cena

Do meu passado

Me vi em momentos felizes

Com um sorriso radiante

Vislumbrei as lutas vencidas

As tristezas e decepções

As amarguras choradas

Mas sua presença me refez

Sua força me transformou

Senti ali um colo de pai

Derramei -me

E uma lágrima tao pesada e ressentida

Dos meus olhos rolou

E naquele instante o choro aflorou

E por Ele me senti acolhida e amparada

E grata pelo seu amor!

Ajoelhei-me diante dele

Cantei

Louvei

Adorei

E feliz fiquei!

 

Fortaleza, 12 de abril de 2020

 

Mais artigos do Autor.