Poesias

José Solon Sales e Silva

Titular da Cadeira nº 34

 

De Mala e Cuia

Fui de mala

Vim de cuia

Nunca fui

Mas vou sair

Mala e cuia

É o desapego

Já voltei

E nunca fui

Fui de mala

Vim de cuia

Trouxe a cuia

Deixei a mala

Não consigo mais sair

Mas vou de cuia e sem a mala

Vim de cuia

Fui de mala

Mala e cuia

É muito antigo

Nunca levei a mala

Mas sou a cuia

Cuia que guarda

Cuia que congrega

Cuia virtuosa

Para guardar o que comer

Fui de mala

Vim de cuia

Vim de cuia

Fui de mala

Mala que guarda

Temporariamente

Cuia de todo dia

Comida de guarda

Fui de mala

Vim de cuia

Sair não fui

Ficar, fiquei

Saio sempre

Volto sempre

Fico de cuia

Vou de mala

Vou e volto

Num contente

Sou gente

Que vai e que vem

Vou de mala

Fico de cuia

Feliz e infeliz

Sou dual

Fico de cuia

Nunca fui de mala e cuia

Fui de mala

Vim de cuia

Sempre vou

E sempre fico

Vou e fico

Fico e vou

Fui de mala

Vim de cuia

Sou feliz

E deixo amor

Fui de mala

Vim de cuia

Vim de cuia

Fui de mala

De mala e cuia

 

Coco, 01/02/2019

 

Mais artigos do Autor.