Poesias

Maria Silonildes de Mesquita

Titular da Cadeira nº 38

 

 Lembranças tua !

  

  Te vejo

  Me encanto

  Rebusco na memória

  Lembranças tua!

  Umas, me vêm tão nítidas e real

  Outras, esmaecidas frias e distantes

  Tento aproximar-me

  Corro atrás delas

  Mas vislumbro uma

  Tênue cortina a separar-nos

  Neste instante,

  O real e o imaginário se confundem

  Hora nos aproxima

  Hora nos distancia

  Hora sou amor

  Hora sou razão

  Sendo assim, deixo aquietar meu coração 1

 

Mais artigos do Autor.