Poesias

Maria Silonildes de Mesquita

Titular da Cadeira nº 38

 

                   Sagrado Tronco

Deixa cantar-te os meus cantos

Deixa versar-te os meus versos

Deixa falar ao mundo tuas sábias lições

Mostrar o teu exemplo

Teu grande legado de

Partilha acolhimento amor e união

Vida compartilhada!

Vida em comunhão !

Mesmo velho e cansado

Abrigas outras vidas

Mostra ao mundo a tua lição do amor

Recepciona e atrai novas vidas

Mesmo já combalido entendeu que dar é receber

Já não estais mais sozinho

Todos te admiram

Em teu regaço nasceu a mais rara e linda flor

Orquídeas delicadas

Que de todos arranca um olhar

Devolvendo para muitos

Esperança e vontade de cantar !

 

Mais artigos do Autor.