Poesias

José Aírton Pereira Soares

Titular da Cadeira nº 40

 

Tele sem visão

 

TV I

Ratinho, Cidade Alerta

Sílvio, Gugu e Faustão

É ibope na certa

Num país sem educação.

Quem desliga a TV acerta

Tem bom senso tem visão.

E por motivo de espaço e rima

Vai incompleta a relação

 

TV II

As notícias, piranhas famintas,

Invadiam meu silêncio e devoravam

Minguadas reflexões.

Apertei o botão da consciência

E captei imagens reais.

Cuidado...”essa onda pega”, mata e como!

 

TV III

Quem nunca brigou

Por causa da televisão?

Baixa e sobe volume

Respeite a confusão.

Por trás tem azedume

Nas brenhas do coração

Tem grosseria, ciúme,

Só não tem comunicação.

 

Com o descontrole na língua,

E o controle na mão

O casal vai à míngua

Finda o filme em solidão.

 

A culpa ninguém assume

Como resolver a situação?

Desligue a TV e se arrume

Arranje outra diversão.

 

 

Mais artigos do Autor.