Poesias

José Solon Sales e Silva

Titular da Cadeira Nº 34

 

De cultura ímpar

Mais que centenária

Lugar dos reisados

Terra catilinária

 

Das bandas que esquentam muié

Do pequi, do babaçu

Das terreiradas

Que só se encontram por lá

 

Terra de homens ilustres,

Empreendedores

Martins Filho

Só poderia ter nascido lá

 

Criou a Universidade

De um jeito que só se tem por aqui

Terra de Violeta Arraes

Que disseminou a cultura cearense na Europa

Que fez de sua casa em Paris um refugio

Para os eram expulsos pela ditadura

E que por graça

Encontra-se sepultada no Cemitério do Crato

 

Cultura e arte

Calor e frio

Aconchego e hospitalidade

Saber e saber fazer

O folclore é um dos celeiros

A rica chapada

A altaneira natureza

 

Precisamos aprender

Cada vez mais a fazer

Precisamos aprender

Cada vez mais

A nos vender

 

E o Padre Cícero?

E o misticismo?

Por sorte há um bispo

Que cuida deste resgate da

História do Cariri

 

“Cratinho de açúcar”

Será pela cana doce

Ou pelo doce de seu povo?

 

“Cratinho de açúcar”

Pela beleza natural

Pelo povo doce

Ou por sua cultura excepcional?

 

Crato, 13/10/2014

 

 

Mais artigos do Autor.