Poesias

Sebastião Valdemir Mourão

Titular da Cadeira nº 2

Travesseiro de Imaginações

Vejo-me no travesseiro

A recitar teus ohares

Tua face e teu rosto.

Vazia a cama, olho-me ao redor

Suspiro de solidão

E te carrego em meus braços.

A música que te traz a mim

Ainda ressoa lentamente

Com os acordes da ilusão.

Agora a distância não há mais

Pois te vejo comigo

Carrego-te em meu corpo

E, sobre a cama, rolo em teus braços...

Teus braços, teus dedos, tuas mãos...

Ah!.. antes não os havia notado...

 

A música termina

Ei-me, então, sozinho, com o travesseiro

E com a saudade que me domina.

Mais artigos do Autor.