Poesias

Maria de Lourdes Mozar Martins Mora

Titular da Cadeira nº 35

Bendita Chuva

 

Finalmente chegou

Quase tardiamente

Quem eu esperava

Ansiosamente;

Com ela veio a alegria

O cheiro do mato

A renovação da vida.

 

Bendita chuva

Pinta os campos de verde

As águas límpidas, translúcidas

Enchem o coração dos sertanejos

De esperança.

Mais artigos do Autor.