Poesias

José Solon Sales e Silva

Titular da Cadeira Nº 34 - Patrono: Cônego Francisco José Aragão e Silva

Adoro castanha

De caju e do Pará

Se quiser me agradar

Pode me dar

 

Pra que a rima?

Por que a rima?

Se quiser me agradar

Dê-me castanha do Pará

 

Coisa chata essa rima

Que não rima com castanha

Muito menos do Pará

Se quiser me agradar

Dê-me castanha do Pará

 

Castanha de caju

É bom demais

Pode até esta jururu

Mas sempre vai querer mais

 

Castanha é fruta nossa

De caju muito melhor

Segurando o que é nosso

Me dê que é muito melhor

 

Mas castanha é castanha

Seja do Pará ou de caju

Adoro castanha

De caju ou do Pará

 

Coco, Abril de 2017

Mais artigos do Autor.