Discursos

Titular da Cadeira Nº 34

Excelentíssimo Senhor Prof. Antônio Moises Filho Oliveira Mota

MD Diretor Geral do Instituto Federal do Ceará - Campus Fortaleza

Excelentíssimos Senhores Professores

Senhoras e Senhores

Caríssimos Alunos Concluintes

 

            Muito me honra usar da palavra representando os meus pares de tão ilibada competência. Relutei em aceitar o convite para representa-los na certeza de que há algum colega em melhores condições de fazê-lo, entretanto, não entendi porque a tarefa foi a mim confiada.

            Ontem, no final da manhã, entendi a razão da minha escolha e vou pedir vênia a assembleia e especialmente aos concludentes para iniciar lendo uma Nota de Pesar do nosso Instituto Federal, veiculada ontem no início da noite via e-mail a todos os servidores do Instituto Federal do Ceará. Diz a nota:

“Nota de Pesar - É com imenso pesar que a reitoria do Instituto Federal do Ceará (IFCE) comunica o falecimento da professora Iane Sampaio, do campus de Aracati, vítima de infarto neste domingo, 13 de abril, na cidade de Marília/SP, onde cursava doutorado.

            Com os sentimentos de solidariedade à família da nossa servidora, a reitoria informa estar adotando todas as providências para viabilizar o traslado do corpo de Iane Sampaio para o Ceará ainda nesta segunda-feira, 14. Familiares da professora irão divulgar, nas próximas horas, informações sobre o velório, que deverá ser realizado em Fortaleza.

            Iane Sampaio formou-se em Turismo pela Universidade de Fortaleza (Unifor) em 1995, era especialista em Administração Hoteleira e Gestão Ambiental e mestre em Gestão de Negócios Turísticos. Foi Secretária de Turismo, Cultura e Meio Ambiente de Aracati de 2007 a 2009.

            Em 2010, foi professora do Instituto Federal de Alagoas (IFAL) e, em 2011, ingressou no IFCE. Muito querida por toda a comunidade acadêmica do campus de Aracati, Iane tinha como características marcantes a generosidade e a alegria sempre presentes na relação com as outras pessoas.”

            Tive a honra de ser professor da Iane, na Universidade de Fortaleza, e ela realmente era como se diz na nota, generosa, humana e, sobretudo, uma pessoa que priorizava ajudar ao próximo. Aluna exemplar sobressaiu-se na carreira de professora universitária sempre dedicada e participativa junto ao trade turístico do Ceará. O segmento do Turismo em nosso estado fica mais pobre a partir de hoje. Solicito vênia, mais uma vez, para fazermos um minuto de silêncio em homenagem a Profa. Iane Sampaio. Obrigado.

            Caríssimos Concludentes!

            Mas hoje é dia de grande júbilo, aliado a reflexão de vida e morte, vida e alegria que se renova na missão do Instituto Federal do Ceará, trabalhar o ensino e a educação no seio da nossa comunidade.

            Estes dias assisti pela TV Câmara, a uma cerimônia de conclusão de curso de alunos do Pronatec, em Minas Gerais, ocasião em que concluíram 1.500 formandos em solenidade, em Belo Horizonte, com a presença da Presidenta Dilma Russef. Na ocasião, em 07 de abril passado, a Presidenta festejava efusivamente aquela conquista e hoje, nós aqui fazemos, guardando as devidas proporções, em nosso Campus Fortaleza, o término de 10 cursos do Pronatec, já devidamente divulgados pelo Cerimonial.

            Ao iniciar este programa de formação continuada, eu, particularmente, fui reticente, mas chegando ao segundo ano de sua execução hoje vejo com mais clareza a abrangência desta ação.  Qualificar profissionais que estão em diversas áreas de trabalho é tarefa sublime. A conquista só se consegue pelo esforço e pelo estudo e propiciar a oportunidade no interregno em que um trabalhador deixa um emprego e vai à procura de outro é uma ideia exemplar. Oportunizar a quem nunca tem possibilidade de reciclar-se é tarefa singular. Pude perceber durante a realização dos cursos que os alunos (na verdade, trabalhadores) aqui chegavam um tanto “chateados” pelo fato de ter o seguro desemprego atrelado a realização de um curso, que na maioria das vezes não estava centrado em sua área da atuação. Percebi também, que estes mesmos alunos mudaram de opinião ao longo do curso, pois tudo que se aprende na vida um dia terá uma serventia.

            Estudar sempre foi a remissão da humanidade, nada se faz em termos de evolução que não seja pela via da educação e, em última análise, o estudo redime a alma, pois através dele podemos elastecer, além dos conhecimentos, um crescimento espiritual. Tenho certeza de que o pouco tempo que vocês aqui passaram tiveram a oportunidade de aprender e de conviver em um ambiente onde se tem o homem como centro de respeito e do interesse, sobretudo, em educar. A educação é um processo continuado que principia ao nascer e segue até o morrer. Que o exemplo da Profa. Iane Sampaio, que morreu em pleno exercício dos estudos, possa servir para cada um de nós. E que o ato de estudar possa nos redimir dos males de uma sociedade conturbada e apressada.

            Obrigado por terem confiado no Instituto Federal do Ceará, para esta etapa de suas vidas. E aqui permaneceremos a espera de que vocês possam voltar para realizar um outro curso técnico ou superior ou cursos de pós-graduação. Somos cônscios de um dever cumprido tendo tido a oportunidade de ensinar-lhes algo para suas vidas profissionais. E aqui continuaremos a espera de que retornem para novas etapas pois desejamos contribuir sempre com os interesses da sociedade e o atendimento de suas demanda. Sejam muito felizes! Muito obrigado. Tenho dito!

Fortaleza(CE), 14 de Abril de 2014

Auditório Iran Rauff - IFCE - Campus Fortaleza

Nota: Discurso proferido em nome do Corpo Docente aos alunos concluintes dos Cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego - Pranatec - Ministério da Educação, durante o ano de 2014 no IFCE. Cursos: Agente de Inspeção de Qualidade, Eletricista Industrial, Desenhista Mecânico, Torneiro Mecânico, Guia de Turismo Regional, Cozinheiro, Condutor Cultural, Cerimonial e Protocolo.

Mais artigos do Autor.