Crônicas

José Solon Sales e Silva

Titular da Cadeira nº 34

 

TOALHA RALA

            Gosto de toalhas ralas. Enxugam melhor, pasmem! Minha avó paterna usava três toalhas após o banho. Uma para o rosto. Outra para o tronco e membros superiores. A terceira para os membros inferiores incluindo os pés.

            Tempos em que tinham-se tempo e muitas cunhãs. Tempos em que não se agrediam tanto o meio ambiente, será?

            Após o banho de chuveiro, porque minha avó tomava banho de cuia, prefiro uma única toalha bem rala. Pequena, fina e daquelas que ficam molhadas totalmente após enxugar-se todo o corpo.

            Depois, moro nos trópicos, pra quê enxugar todo o corpo? O banho gostoso é aquele que após enxugar-se permanecem gotículas d’água descendo vagarosamente pelo corpo. Que delícia! Que frescor!

            Tolhas felpudas não me agradam. Até as uso, mas não me sinto bem. Água é saúde, transparência, vida. Saúde do espírito. Prefiro toalhas ralas que me permitam a água mesmo depois do banho. E que banhos maravilhosos os que são enxutos pelas toalhas ralas. Muito bom sentir as gotículas obedecendo a lei da gravidade.

            Toalhas ralas são as melhores, podem ter certeza.

Paracuru, 14/07/2019

 

Mais artigos do Autor.