Crônicas

Maria Silonildes de Mesquita

Titular da Cadeira nº 38

PÁSCOA, O CAMINHO É O AMOR !

          O mundo precisa curvar-se ao amor! Afinal, somos uma só raça em busca do bem individual e coletivo. Um novo sol se levanta e aquece o coração dos homens, que tanto buscam se individualizar para serem poderosos, ricos e felizes. Ledo engano, nunca conseguiremos ser felizes sozinhos! Sozinhos estamos frágeis e vulneráveis e a qualquer momento poderemos ser destruídos. Temos que abandonar o egoísmo e deixar que uma corrente do bem, mais forte e poderosa que o ódio e a inveja se apodere de nós. Esta corrente se chama Humildade e autoconhecimento. Precisamos baixar a guarda e entender que não podemos dividir o mundo entre culpados e inocentes. Somos um só povo com defeitos ou virtudes e não podemos nos apartar e nos odiar. Não podemos fazer isto, pois a vida está sempre a nos ensinar que o melhor caminho é o amor. Precisamos entender que o outro poderá ser nós mesmo amanhã. Nunca devemos criar leis injustas e difíceis de serem cumpridas e executadas, pois lá na frente poderemos ser reféns delas. Precisamos ter muita serenidade e pensamentos de equidade antes de tomarmos qualquer atitude e sancionarmos uma lei. Não tomemos partido do nosso melhor amigo; em detrimento a outro, injustamente. Antes investiguemos, averiguemos e sejamos apenas justo.

       A injustiça só existe no mundo porque em nosso egoísmo, há sempre uma pitada de injustiça. Pois sempre que necessário estaremos a “puxar a brasa para a nossa sardinha”. O bem e o mal habita em cada um de nós e por algum momento nos tornamos sombra ou luz. Mas nós não percebemos que somos assim em nossas atitudes. O nosso ego está sempre a nos dizer que só temos virtudes. E se formos contrariados, imediatamente empunhamos uma arma cheia de rancores e frustrações e disparamos contra nosso oponente, mesmo sem que ele mereça. Precisamos aprender a lidar com as nossas frustrações e despertarmos em nós, a  maturidade emocional e acionarmos o canal da HUMILDADE e entendermos que não podemos jogar para o outro as culpas, falhas e insatisfações, que são venenos dentro de nós. Nunca poderemos nos perceber como alguém que está acima do bem e do mal e fazermos pouco caso dos nossos irmãos; que estão sofrendo injustiça e fome. Temos que emanarmos para o mundo amor e compaixão. Somente assim poderemos por um fim à esta cadeia de dor, injustiças e negativismo. Por muitas vezes querendo sermos justos, agimos como vingadores em busca da paz. Temos que entendermos que a paz jamais será encontrada no embate da guerra.

         Precisamos ter uma maior consciência crítica do mal e do bem que podemos ser no mundo. Por muitas vezes, trazemos a falta de paz à um determinado grupo quando proferimos uma palavra atravessada, um simples gesto ou uma batida de porta com violência. Comportamentos como estes, são tão agressivos e emanam um mal-estar tão grande, igual a uma bala perdida. Precisamos entender que gestos rancorosos podem nos custar caros e poderemos vir a ser sentenciados pela intenção. A vida nos manda a conta direitinho! Cuidado, quando formos magoados e contrariados, não deixemos que o ódio e o rancor tome conta do nosso ser, não mais podemos disseminar estes sentimentos tão mesquinhos no mundo. Aproveitemos e enchemo-nos de humildade e quebremos a cadeia destes sentimentos negativos e vibremos o amor!

        Que os nossos irmãos vibrem o amor !

        Que os nossos governantes vibrem o amor!

        Que os nossos gestores vibrem o amor !

        Que os nossos amigos vibrem o amor!

        Que o homem que está sentado atrás de um computador, calculando e fazendo leis pesadas para o próprio homem, vibre o amor !

         Que o nosso presidente da república vibre o amor e defenda também os interesses dos mais humildes !

         Que os nossos parlamentares vibrem o amor e saibam que a corrupção mata vidas e a honestidade faz brotar vidas !

         Que o Poder Judiciário do Brasil vibre o amor!

         Que os nossos Ministros do Supremo Tribunal Federal vibrem o amor !

          Que a Vale Do Rio Doce vibre o amor e devolva a dignidade ao povo de Minas !

         Que o mundo vibre o amor !

         

 

Mais artigos do Autor.