Crônicas

Abilio Lourenço Martins

Titular da Cadeira nº 12

Década de sessenta / setenta

Sábado à noite....

Vamos dançar?

De repente dois corpos literalmente colados, sentindo-se, ambos, desejos irrefreáveis.

Os corações, jovens, palpitavam freneticamente. Os corpos aqueciam e os rostos, sob o perfume da adolescência transpiravam, exalando paixões.

A música "ONLY YOU" e o local comprimido não permitiam mais de um movimento... também não queríamos. Entretanto, cada compasso musical, um conhecimento corporal. Excitações...

Na pausa, os olhares tímidos se cruzavam aguardando a próxima música. Surgia, então, a primeira e costumeira pergunta: Qual o seu nome? Começava ali, nas TERTÚLIAS, uma história de amor.

Abílio, junho de 2010

Mais artigos do Autor.