Artigos

José Oswald de Sousa Andrade

 

São Pauo, 11 jan 1890   -  São Paulo, 22 out 1954

Estilo e gênero:

Principal nome, ao lado de M´rio de Andrade, do movimento modernista brasileiro;

sua obra, marcada pela ideia da ruptura, busca uma arte nacional.

Principais obras:

Romances:

. Memórias Sentimentais de João Miramar – 1924

. Serafim Ponde Grande, 1933

Poesias:

. Pau-Brasil, 1925

Peça

. O Rei da Vela, 1937

·         * * * * * * * * *

Em 1917, Oswaldo conheceu Mário de Andrade, com quem dividiu a liderança do modernismo. Em Memórias Sentimentais de João Miramar, usa um estilo rápido e cortante, à base de flashs do cotidiano. Em 1922, liderou a Semana de Arte Moderna. Casou-se com a pintora Tarsila do Amaral em 1926.  Autor de temperamento forte, seus escritos reproduzem a fragmentação e a agitação da vida urbana.  Seus manifestos, assim como seu trabalho na Revista de Antropofagia, pregam uma “digestão” dos valores importados e a criação de uma identidade brasileira.  Essa visão seria derrotada pelo nacionalismo conservador do Estado Novo.  Na década de 1930 rompeu com Mário de Andrade, separou-se de Tarsila e se casou com Patrícia Galvão.

 

Mais artigos do Autor.