Artigos

Por Manuel Evander Uchôa Lopes (filho)

 

               Ainda muito jovem já administrava negócios e propriedades de seu pai sendo, portanto, um bravo lutador da cidade, da serra e do sertão.

Raimundo Ribeiro Lopes nasceu na Fazenda Riachão de Cima, de propriedade de seus pais, situada no lugar denominado Campo Lindo, hoje distrito do município de Reriutaba, em 30 de Janeiro de 1912. Era um dos filhos mais velhos de Manuel Lopes de Medeiros e Maria Ernestina Lopes. Fez seus estudos básicos, Curso Primário e Curso Ginasial em Reriutaba; Apesar do pouco estudo adquirido, gostava de ler jornais, revistas e alguns romances, chegando, até, a compor alguns poemas.

Casou-se com Tereza Uchoa Lopes, filha de Raimundo de Souza Uchoa e Higina Rosa de Melo, de cujo enlace nasceram os filhos: Maria Creuza Uchoa Lopes, Farmacêutica Bioquímica; Francisco Ediberto Uchoa Lopes, Médico Veterinário; Manuel Evander Uchôa Lopes, Engenheiro Civil; Dalva Maria Uchoa Lopes, Administradora de Empresas; Edmundo Uchoa Lopes, Engenheiro Agrônomo, Edilson Uchoa Lopes, Engenheiro Civil e Liduina Uchoa Lopes  Pereira, Médica Pediatra e Neonatologista, com Mestrado Em Saúde e Meio Ambiente.

Raimundo Ribeiro Lopes era comerciante e agropecuarista, atividades que exerceu nos municípios  de Reriutaba e Croatá por alguns anos. Era um homem simples, de boa índole e muito prestativo que a todos atendia com solicitude e atenção, sendo, de certa forma, um mentor e orientador da família.  Na atividade política pertencia a União Democrática Nacional, tendo exercido em Reriutaba os cargos de Delegado e de Prefeito (Interventor) no ano de 1946, indicado pelo partido e nomeado pelo governo.

Com o objetivo de proporcionar aos filhos uma melhor educação mudou-se para a cidade de Ipu em 1947, na época um centro mais desenvolvido. Ali fixou residência por um longo período e estabeleceu-se como comerciante do ramo de calçados, negociando com calçados de ótima qualidade e materiais para fabricação de calçados mais populares. Desenvolveu paralelamente suas atividades de agropecuarista nas regiões do sertão e serra. Mais tarde, pensando novamente na educação dos filhos, mudou-se definitivamente para Fortaleza, Capital do Estado, para proporcionar mais facilmente a educação superior a todos os seus filhos. Objetivo plenamente conseguido, tornando-o um pai vencedor e mais orgulhoso de ter, assim, garantido um futuro brilhante para os filhos em suas diversas profissões de nível superior.

Raimundo Ribeiro Lopes deixou para os filhos um exemplo altruísmo, dignidade, amor e dedicação à família e ao trabalho a ser seguido e meditado por todos nós. Pois, como ele sempre fez questão de dizer, o importante não é deixar muitas riquezas materiais, mas uma que permaneça ”A Educação”, uma profissão de nível superior.

Ainda jovem (com 79 anos), partiu para continuar sua missão em outras plagas.

“Até qualquer dia, meu Pai... Mas, não tão logo.“

Mais artigos do Autor.