Artigos

Titular da Cadeira nº 12

É muita sujeira!

__Filó, hoje temos visita.

Rapidamente, ela retira os móveis, bate o tapete, varre a casa e volta a colocar todos os móveis, limpos e lustrados, nos seus respectivos lugares, à espera saudável do digno amigo visitante.

É assim na minha casa, na sua e na casa de todos.

Por que o mesmo não acontece na política?

É fácil. A sujeira é tanta e constante que não adianta varrer. É sujeira para tudo que é lado. E, se não bastasse, as pessoas que adentram no ambiente, sejam convidadas ou indicadas são, na maioria, pessoas imundas, sujas e sem escrúpulos. Da mesma laia.

Não adianta varrer.

É sujeira na Câmara, no Senado, no Planalto, nas assembleias, nas câmaras e nas prefeituras.

Ao adentrar nesses ambientes, a primeira impressão que se tem é que é tudo muito bonito, as pessoas nos seus devidos lugares e funcionando maravilhosamente bem. Mas quando se levanta o tapete... meu Deus, quanta imundície, falsidade, roubalheira e desonestidade.

Quanta sujeira...

O Dono da casa, desavergonhadamente e sem escrúpulo, recebe os seus amigos políticos aos risos e abraços como se estivesse tudo na mais perfeita ordem, ciente ele de não receber nenhuma crítica, pois todos os seus convidados seguem a mesma cartilha.

Entretanto, esquecem, esses políticos, que o povo, perplexo e cansado de ver tanta sujeira, fica torcendo para amanhã ou depois, estejam, todos, na Justiça, prestando conta das suas improbidades.

É muita sujeira.

Abilio, 16 jun 2017.

Mais artigos do Autor.